Encontro Cientifico e de Iniciação Científica da UNIP/PIBIC-CNPq

Sendo a produção de conhecimento o principal recurso de que a sociedade dispõe para criar oportunidades de aprimoramento individual e coletivo, e sabendo que o desenvolvimento das organizações está ligado à disponibilidade de recursos tecnológicos e humanos adequados a seus propósitos, a vice-reitoria de pós-graduação e pesquisa da UNIP desenvolve programas de incentivo à produção científica e à capacitação docente. Esses programas visam estimular o aperfeiçoamento de alunos e professores, disponibilizando um caminho indispensável àqueles que planejam preparar-se para a compreensão da realidade em que estão inseridos.

 

O resultado disso pôde ser conferido no Sétimo Encontro Científico, Nono Encontro de Iniciação Cientifica da UNIP e Segundo Encontro de Iniciação Científica UNIP/PIBIC-CNPq, realizado nos dias 12, 13 e 14 de setembro.

 

No evento, ocorrido simultaneamente nos campi Brasília, Campinas, Chácara Santo Antônio, Indianópolis e Manaus, houve a exposição de pôsteres e apresentação das pesquisas dos alunos de iniciação científica, exposição de pôsteres sobre os grupos de pesquisa da UNIP cadastrados no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), exposição fotográfica com o tema A Era do Rádio, apresentação das pesquisas dos alunos dos programas de mestrado da UNIP recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  (CAPES), além de conferências, minicursos, oficinas, palestras, workshops e mesas-redondas.

 

A conferência de abertura, no campus Indianópolis, foi exposta pelo professor do programa de mestrado e doutorado em Engenharia de Produção, Biagio Fernando Giannetti, que falou sobre Ecologia Industrial: Conceitos, Ferramentas e Aplicações.

 

O livre-docente e professor do programa de mestrado em Administração da UNIP, Sergio Baptista Zaccarelli, proferiu a palestra de abertura no campus Chácara Santo Antônio, intitulada A Administração no Século XXI dos Clusters e das Redes de Empresas. 

 

No campus Campinas-Swift, a livre-docente e professora titular da PUC/SP, Lúcia Santaella, abordou o tema Pesquisa como Alimento da Ciência.

 

O ministro do Superior Tribunal de Justiça e pesquisador da UNIP, Massami Uyeda, apresentou a palestra do campus Brasília, abordando o tema Defesa Legal das Ações Afirmativas: a Questão das Cotas Raciais nas Universidades.

 

No campus Manaus, o professor do programa de mestrado em Odontologia e líder de grupo de pesquisa da UNIP, Delcio Magdalena Giovani, discorreu sobre o tema Novas Possibilidades de Tratamento Antibacteriano e Antitumoral Utilizando Plantas Amazônicas em Lesões Bucais Decorrentes de Câncer, AIDS e Doenças Sexualmente Transmissíveis.

 

Alunos e professores de todos os cursos da UNIP participaram das palestras de abertura, bem como de todas as demais atividades.

 

Neste ano, pela primeira vez, os alunos de iniciação científica fizeram, além da exposição dos pôsteres, a apresentação oral de seus trabalhos, acompanhados por professores orientadores.

Encontro Cientifico e de Iniciação Científica da UNIP/PIBIC-CNPq

Encontro Cientifico e de Iniciação Científica da UNIP/PIBIC-CNPq

Encontro Cientifico e de Iniciação Científica da UNIP/PIBIC-CNPq

Encontro Cientifico e de Iniciação Científica da UNIP/PIBIC-CNPq