Critérios de Avaliação e Promoção

Manual de Informações Acadêmicas
Cursos Superiores a Distância

AVALIAÇÃO

A apuração do rendimento escolar é feita por disciplina. A avaliação é realizada por meio de verificações parciais e exames. Essa apuração envolve simultaneamente aspectos de frequência e de aproveitamento escolar.

A avaliação nas disciplinas é realizada por meio de provas ou outros recursos, em conformidade com o plano de ensino de cada disciplina.

É atribuída nota zero ao aluno que usar meios ilícitos ou não autorizados pelo professor por ocasião da execução dos trabalhos, das provas parciais, dos exames ou de qualquer outra atividade que resulte na avaliação do conhecimento por atribuição de nota, sem prejuízo da aplicação de sanções cabíveis por esse ato de improbidade.

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação e homologadas pelo Ministério de Estado da Educação, as Atividades Complementares são componentes das matrizes curriculares dos cursos da UNIP. Elas possibilitam o reconhecimento por avaliação de habilidades, de competências e de conhecimentos adquiridos pelo aluno, inclusive fora do ambiente escolar.

Seu objetivo principal é a complementação da formação acadêmica do aluno, por meios diversos, incluindo a participação em projetos sociais, a ampliação dos conhecimentos adquiridos, o desenvolvimento do espírito empreendedor e a participação em atividades culturais, artísticas e esportivas.

Dessa forma, o aluno torna-se capaz de estabelecer diferentes relações com a realidade, de posicionar-se criticamente diante de situações e de exercer conscientemente a cidadania.

Objetivos:

  • Complementar a formação profissional, cultural e cívica do aluno pela realização de atividades extracurriculares obrigatórias, presenciais ou a distância.
  • Contribuir para que a formação do futuro egresso seja empreendedora, generalista, humanista, crítica e reflexiva.
  • Despertar o interesse dos alunos para temas sociais, ambientais e culturais.
  • Estimular a capacidade analítica do aluno na argumentação de questões.
  • Auxiliar o aluno na identificação e na resolução de problemas, com uma visão ética e humanista.
  • Incentivar a participação do aluno em projetos de ações sociais.

PROVA SUBSTITUTIVA

O aluno que não realizar alguma avaliação bimestral por motivo justificado poderá realizar uma prova substitutiva por disciplina. Essa prova substituirá a prova não realizada. Este regime não se aplica às arguições, trabalhos, avaliações práticas, relatórios, exercícios ou outras formas de avaliação distintas da prova escrita.

Atenção: A nota obtida nessa prova não substitui a média obtida no bimestre, substitui apenas a nota da prova.

Importante: Os alunos podem fazer a prova substitutiva somente em data estipulada no calendário do curso. A prova substitutiva deve ser solicitada pelo aluno na Secretaria Virtual, menu "Serviços" e ser aprovada pelo Coordenador do Curso. O prazo para a solicitação da prova substitutiva é de cinco dias após a perda da avaliação bimestral.

REGIME DE DEPENDÊNCIA

O aluno aprovado em um período letivo poderá matricular-se no período subsequente e cursar as disciplinas pendentes em regime de dependência.

O aluno reprovado deverá adequar-se ao currículo vigente para a turma na qual estiver ingressando.

O número máximo de disciplinas em regime de dependência e de adaptação para a promoção ao período letivo subsequente fica assim definido:

I - para a promoção ao 2º período: sem limite;
II - para a promoção ao 3º período: 5 disciplinas;
III - para a promoção aos períodos situados entre o 3º e o antepenúltimo: 5 disciplinas;
IV - para a promoção ao antepenúltimo período: 3 disciplinas;
V - para o penúltimo e o último período letivo do curso não serão aceitas matrículas de alunos com dependência, recuperação ou adaptação em qualquer disciplina de períodos letivos anteriores.