Teses Defendidas - 2020

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Engenharia de Produção

Título: Aplicação de Smart Contracts no Controle e na Otimização de Cadeia de Custódia de Evidências Digitais Baseados na Plataforma Blockchain
Autor(a): Benedito Cristiano Aparecido Petroni
Orientador(a): Prof. Dr. Rodrigo Franco Gonçalves
Data: 18/02/2020
Resumo: Evidências digitais são elementos que ao serem analisadas por um Perito resultam em laudos periciais utilizados nos atos e ritos processuais em tribunais. A salvaguarda das evidências digitais forma a Cadeia de Custódia que é de responsabilidade do Perito e muito importante em decisões judiciais. As tecnologias aplicadas à criação e manutenção de uma Cadeia de Custódia para Evidências Digitais oriundas de crimes cibernéticos são limitadas e sem nenhuma padronização. Smart Contracts aplicados a redes Blockchain específicas têm se apresentado como uma solução segura ao registro de transações em rede, uma vez que tudo fica armazenado em um livro-razão digital (ledger). Assim, esta tecnologia apresenta-se como candidata para garantir validade legal, registro probatório inviolável e transparência requeridos em processos judiciais das Evidências Digitais. A presente pesquisa tem como objetivo avaliar como prova de conceito uma arquitetura computacional sob o contexto técnico, através da qual Smart Contracts aplicados em uma rede Blockchain Distributed Ledger Technology – DLT permissionada possam constituir uma Cadeia de Custódia com Evidências Digitais. Utiliza como método de pesquisa o Design Science Research - DSR, no qual artefatos projetados através de um roteiro de condução pré-estabelecido, resultam no desenvolvimento da plataforma computacional a ser disponibilizada na forma de Software como Serviço – Software as a Service – SaaS. Como resultado, a pesquisa apresenta dois artigos: um de revisão da teoria envolta ao tema principal e outro a proposta da arquitetura computacional como modelo de aplicação e inovação.

Palavras-chave: Blockchain. Smart Contracts. Cadeia de Custódia. Evidências Digitais.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Projeto: Aplicação de Ferramentas e Métodos Quantitativos na Solução de Problemas em Engenharia de Produção e Logística.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Indústria 4.0: Aspectos Tecnológicos, Econômicos, Sociais e Ambientais.


Título: Aplicabilidade da Inteligência Artificial na Cadeia de Suprimentos de Grãos
Autor(a): Emerson Rodolfo Abraham
Orientador(a): Prof. Dr. João Gilberto Mendes dos Reis
Data: 30/06/2020
Resumo: Uma boa gestão da cadeia de suprimentos é crucial para o Brasil, pois além de reduzir custos, agrega valores intangíveis em função da satisfação de clientes ávidos por consumos de produtos que devem ser entregues de forma rápida e com qualidade. O modal mais utilizado no país é o rodoviário, que conta com 1,7 milhões de quilômetros de estradas, sendo que muitas mercadorias são exportadas via marítima. Os produtos mais movimentados são os do agronegócio, com maior participação do complexo da soja. Entretanto, a deficiência da infraestrutura rodoviária brasileira, aliada às dificuldades naturais em gerir a cadeia de suprimentos estimula a criatividade para propor soluções que não dependem de iniciativas do Governo. Desse modo, a validação de sistemas inteligentes que possam auxiliar em tomadas de decisões pode ser uma boa estratégia. Esses sistemas são largamente utilizados na solução e otimização da cadeia de suprimentos em todo o mundo, sendo que as técnicas mais usadas são: algoritmos genéticos, lógica fuzzy e redes neurais artificiais. Os sistemas que empregam redes neurais em previsões funcionam bem com um grande volume de dados, contudo as séries históricas disponíveis envolvendo a cadeia da soja no Brasil possuem um volume pequeno de dados a ser utilizado, assim, verificar a possibilidade da utilização de tecnologias com Inteligência Artificial nesse nicho mercadológico é um desafio. Dessa forma, objetiva-se analisar a eficácia das redes neurais em previsões de oferta e demanda, além de verificar parte dos elos da cadeia de suprimentos da soja, por meio de um modelo híbrido Neurofuzzy. Nessa pesquisa, foram coletados dados de séries temporais concernentes à oferta e demanda (mercado externo) da soja e foram realizadas simulações com o software Matlab e seus agregados. Os resultados demonstraram que, apesar das limitações, com as redes neurais foi possível a utilização dessas tecnologias com erros de previsões aceitáveis. O sistema Neuro-fuzzy demonstrou haver sinergia entre os dois maiores portos do país, no que tange a exportação.

Palavras-chave:Inteligência artificial; Redes neurais artificiais; Neuro-fuzzy; Soja; Cadeia de suprimentos
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa:Métodos Quantitativos em Engenharia de Produção
Projeto:Aplicação de Ferramentas e Métodos Quantitativos na Solução de Problemas em Engenharia de Produção e Logística.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Um Estudo sobre o Desenvolvimento de Cidades Humanas e Inteligentes sob a Perspectiva do Município de São José Dos Campos
Autor(a): Jair Gustavo de Mello Torres
Orientador(a): Prof. Dr. Pedro Luiz Oliveira Costa Neto
Data: 07/08/2020
Resumo: Torres, Jair G. M. (2019). - Um estudo sobre o desenvolvimento de Cidades Humanas e Inteligentes sob a perspectiva do município de São José dos Campos. (Tese de Doutoramento). Universidade Paulista – UNIP, São Paulo, Brasil.
Pela primeira vez na história da humanidade a maioria da população global vive nas cidades. Embora representem apenas 2% da superfície do mundo as áreas urbanas consomem mais de 70% do total dos recursos mundiais. As cidades desempenham um papel primordial nos aspectos sociais, ambientais e econômicos em todo o mundo. Como consequência do rápido crescimento demográfico, as cidades estão enfrentando desafios inéditos na gestão, como por exemplo, a mobilidade urbana. A preocupação com a “inteligência” na gestão das cidades é particularmente óbvia na América Latina, porque é uma das regiões mais urbanizadas do mundo. O conceito de Cidade Inteligente é cada vez mais popular na literatura científica e nas políticas internacionais. Para entender esse conceito é importante reconhecer por que as cidades são consideradas elementos-chave para o futuro. No presente trabalho são apresentados artigos que incluíram uma revisão de literatura e estudos de caso em suas metodologias, tendo sido abordados aspectos de gestão de cidades, onde se aplica os conceitos de Cidades Humanas e Inteligentes. Tornou-se evidente durante as pesquisas que há poucos projetos de Cidades Inteligentes que colocam de forma efetiva e contundente o cidadão no centro de todo o processo de planejamento. Foram estudados temas relevantes relacionados à gestão das cidades, como: conceitos e definições de Cidades Inteligentes, Cidades Digitais, Cidades Inclusivas, Cidade Sustentáveis, gestão do conhecimento, formas de participação e engajamento do cidadão, comunidades inteligentes, modelos de maturidade, necessidades do cidadão, serviços, qualidade e empreendedorismo, possibilitando propor o uso de metodologias centradas no usuário. Para tanto, este estudo sugere o uso de procedimentos centrados no cidadão, como os métodos World Café e o Quality Function Deployment (QFD), nos processos de gestão municipal e em projetos de Cidades Inteligentes, na busca pela inovação nos processos de gestão existentes nos governos municipais, integrando e interagindo o capital intelectual, cultura local e as novas tecnologias existentes, assim como as que virão a existir, proporcionando o pleno desenvolvimento de uma Cidade Inteligente.

Palavras-chave: Cidades Inteligentes; Cidades Humanas; Mobilidade; QFD; World Café.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Projeto: Aspectos Gerenciais e Humanos do Conceito de Qualidade e suas Aplicações na Realidade Prática II.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e Produtividade


Título: Análise da Proposta de protótipo para diagnóstico de risco de segurança em terminais de contêineres no porto de Santos
Autor(a): Julio Cesar Raymundo
Orientador(a): Prof. Dr. Oduvaldo Vendrametto
Data da tese: 24/09/2020
Resumo: Com a expansão dos portos brasileiros no século XXI e o crescimento na movimentação de cargas em contêineres, aumentou a demanda por armazenagem e operações seguras. Tornou-se, então, necessária a avaliação de análise de risco para prevenção e segurança a fim de garantir a preservação das partes envolvidas no processo. Na operação de exportação e importação, existem os atores do processo conhecidos como agentes de carga, transportadores, seguradoras, armazéns, terminais e os operadores portuários, principal serviço para concretização dessas operações. No Porto de Santos há, em seu histórico, acidentes com prejuízos ambientais, sociais e econômicos afetaram as redes de empresas e as cadeias produtivas. Com frequência registram várias ocorrências de apreensões de drogas comprometendo a imagem do porto, das empresas e do próprio país. Em função dos acidentes ocorridos e do aumento no número de ocorrências devido ao aumento da demanda de contêineres, é necessário efetivar práticas de segurança para combater, prevenir e mapear as vulnerabilidades em um terminal de contêiner. Esta tese apresenta uma proposta na forma de protótipo com o objetivo de diagnosticar os riscos de segurança e a possibilidade de atenuar e prevenir possíveis ocorrências no terminal portuário de contêiner. A metodologia é exploratória, documental e empírica, por meio de consultas a especialistas, oferecendo resultados da análise de risco de segurança do terminal, verificado pela aplicação do protótipo. A metodologia com o uso do protótipo considera classificar e determinar o grau de risco sob os ativos, ameaças e perigos, vulnerabilidades e consequências em um terminal de contêiner no Porto de Santos. Com a aplicação desse protótipo é possível determinar a classificação e o grau de risco, facilitando a tomada de decisão e o cumprimento da legislação nacional e internacional. Realizar a identificação, análise e avaliação de risco em um terminal portuário de contêiner, utilizando o protótipo elaborado, permitirá uma padronização para o setor e auxiliará no plano de segurança do terminal e do porto. O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001

Palavras-chave: Terminal de Contêiner; Risco; Segurança
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção


Título: Brazilian Patient Summary: an experience of exchange health data using FHIR
Autor(a): Neusa Maria de Andrade
Orientador(a): Prof. Dr. Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto
Data da tese: 17/12/2020
Resumo: A sociedade passou a exigir melhores serviços e resultados de saúde, incluindo maior valor social, relação governo-cidadão e qualidade de acesso à saúde. Governos e organizações precisam contemplar privacidade, segurança, mobilidade e portabilidade utilizando as melhores tecnologias e inovação, com transparência, conforme recomendado pelas melhores práticas. Os Sistemas de Informação em Saúde (SIS) são um conjunto de instrumentos de base tecnológica projetados para prevenção, diagnóstico, tratamento e monitoramento. Também, frequentemente fragmentados, coexistem com muitos softwares que não se comunicam e dependem da interoperabilidade, que pode ser vista como uma série de protocolos e padrões para estabelecer processos de comunicação para troca de dados que, quando negligenciados, afetam o gerenciamento e a tomada de decisões. A interoperabilidade molda e transforma a sociedade, criando conexões inteligentes por meio das organizações para produzir e trocar dados, melhorando o desempenho e oportunidades de inovação, com redução de custos. O Resumo do paciente internacional (IPS) é uma experiência de sucesso na União Europeia, projetada para tornar os dados de pacientes de saúde transfronteiriços acessíveis aos profissionais de saúde. Fast Healthcare Interoperability Resources (FHIR) é um padrão estabelecido que pode lidar com grandes repositórios, anotações semânticas e um conjunto de terminologias usadas para criar e trocar dados de saúde. O projeto IPS forneceu as diretrizes utilizadas neste trabalho realizado por meiro de uma Pesquisa-ação utilizando as melhores práticas e respeitando o contexto brasileiro. A experiência envolveu diferentes entidades (públicas e privadas) amparadas pelos padrões oferecidos pelo Instituto HL7 Brasil e pela Rede de Dados em Saúde (RNDS) como via de Interoperabilidade utilizando FHIR. A pesquisa oferece um Guia de Implementação para coleta e intercâmbio de dados de saúde para preencher a lacuna de interoperabilidade, com o objetivo de construir consenso, incluindo a cidadania no processo e melhorando os movimentos em direção ao conhecimento global dos dados de saúde. O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001

Palavras-chave: Health Systems Interoperability; HL7 FHIR; Health Exchange Data; Quality of Care; Unified Medical Record.
Área de Concentração: Gestão de Sistemas de Operação
Linha de Pesquisa: Redes de Empresas e Planejamento da Produção
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Qualidade e Produtividade