UNIP
Você está em: Universidade Paulista / Serviços / Alunos / Relações Internacionais

Perguntas Frequentes

  1. Que documentos eu preciso encaminhar para participar de um programa de mobilidade internacional?
  2. R: Consulte o edital do programa de seu interesse no site da UNIP (www.unip.br).

  3. Já fiz a minha inscrição no site da instituição parceira (CsF, Santander Universidades ou outro). O que mais devo fazer?
  4. R: Consulte o edital da instituição parceira no site da UNIP e siga as orientações constantes no documento.

  5. Quais são os parceiros da UNIP?
  6. R: Consulte o item “Relações Internacionais”, da aba “Serviços”, no site da UNIP.

  7. Quero estudar em outro país. O que devo fazer?
  8. R: Ser aluno regularmente matriculado na UNIP; ter cumprido o percentual e a integralização do currículo do curso exigido no edital do programa; apresentar bom desempenho acadêmico; seguir as orientações dos editais dos programas de bolsa ou, no caso de não enquadrar-se neles, satisfazer os requisitos solicitados pelas universidades parceiras.

  9. Onde posso encontrar os editais e outras informações sobre as universidades parceiras?
  10. R: No caso dos programas de bolsa, os editais constam no site da UNIP. Em outros casos, consulte o site de cada universidade parceira.

  11. Quando são oferecidos os programas de bolsa?
  12. R: Não existe previsão para o início de um programa: portanto, o aluno deve ficar atento às ofertas que são publicadas no site da UNIP.

  13. Qual o valor necessário para participar dos programas de mobilidade internacional?
  14. R: No caso dos programas de bolsa, consulte no edital de seu interesse o valor da bolsa a ele correspondente. Em outros casos, consulte o setor de Relações Internacionais da UNIP, enviando-lhe um e-mail com o título “Consulta de valor para a Universidade...”. Neste e-mail você deve informar em qual país e em qual universidade gostaria de estudar, e durante quanto tempo. Lembre-se de que a consulta só será realizada caso você satisfaça as exigências da universidade parceira que escolher (disponíveis no site da mesma instituição estrangeira).

  15. Não sou aluno da UNIP, mas gostaria de participar dos programas de mobilidade internacional. O que posso fazer?
  16. R: Para participar dos programas de bolsa oferecidos pela UNIP e suas instituições parceiras, você deve ser aluna(o) regularmente matriculada(o) em um curso da UNIP. Verifique o item “4”.

  17. Sou aluna(o) da UNIP Interativa. Posso me candidatar aos programas de mobilidade internacional?
  18. R: Sim.

  19. Sou aluna(o) de curso de Graduação Tecnológico. Posso me candidatar aos programas de mobilidade internacional?
  20. R: Sim.

  21. A UNIP oferece serviços de tradução e autenticação de históricos escolares e de planos de ensino para outras línguas?
  22. R: Não.

  23. O que devo fazer ao retornar de um programa de mobilidade internacional?
  24. R: Solicitar reabertura de matrícula na Secretaria do seu campus e solicitar análise de equivalência das disciplinas cursadas.

  25. Sou aluna(o) com Prouni/FIES. Posso participar dos programas de mobilidade internacional?
  26. R: Sim.

  27. Sou aluna(o) participante do Prouni/FIES e acabo de ser contemplado em programa de mobilidade internacional. O que devo fazer?
  28. R: Solicitar a suspensão temporária do benefício na Tesouraria e solicitar o status “mobilidade internacional” na Secretaria do seu campus. Para realizar estas solicitações d participar dos programas de mobilidade internacional é preciso estar regularmente matriculado.

  29. Sou aluna(o) contemplada(o) por um programa de mobilidade internacional. O que devo fazer antes de minha partida para o exterior?
  30. R: Solicitar o status “mobilidade internacional” na Secretaria do seu campus. Enviar cópia do seguro saúde para o Setor de Relações Internacionais.

  31. Como funciona o sistema de equivalência de disciplinas?
  32. R: Para a equivalência de disciplinas é necessário que haja compatibilidade de conteúdos e carga horária (75%). Os créditos das disciplinas cursadas no exterior também poderão ser validados nas disciplinas de Atividades Complementares e Estudos Disciplinares.

  33. Estudarei um semestre no exterior. Vou perder um semestre letivo?
  34. R: Ao retornar ao Brasil o aluno deverá apresentar na Secretaria o histórico escolar e o plano de ensino das disciplinas cursadas na universidade de destino (em português) para a realização de análise curricular e reenquadramento de grade. Caso não haja equivalência de disciplinas o aluno poderá ter atraso de um semestre ou até um ano letivo para a conclusão do curso.

  35. Sou aluno EAD. Posso continuar o curso da UNIP enquanto estou em intercâmbio no exterior?
  36. R: Não, não é possível realizar os dois cursos ao mesmo tempo. O aluno matriculado em um Programa de Mobilidade Internacional deve solicitar o status de “Mobilidade Internacional” que manterá seu vínculo com a instituição de origem.

  37. Sou aluno de Pós-Graduação Stricto Sensu/Iniciação Científica. Posso acumular duas ou mais bolsas de estudos/pesquisas?
  38. R: Os alunos de Pós-Graduação Stricto Sensu e de Iniciação Científica não podem acumular bolsas de estudos/pesquisas, independentemente de a agência financiadora ser pública ou privada (regra da IES).

  39. Sou aluno de uma instituição de ensino associada à UNIP. Posso participar dos programas de mobilidade da UNIP?
  40. R: Não. Para participar dos programas de mobilidade divulgados na página inicial do site da UNIP é preciso ser aluno da Universidade Paulista - UNIP.

  41. Como faço para terminar meu curso no exterior? Como faço para estudar o último semestre do meu curso no exterior?
  42. R: Os programas de intercâmbio ocorrem apenas no meio do curso, e não no final do curso. O Setor de Relações Internacionais não faz a intermediação de transferências.

  43. Como fazer uma pós-graduação no exterior?
  44. R: Ser aluno regularmente matriculado na UNIP e se candidatar aos Programas de Mobilidade Internacional divulgados no site da UNIP.

  45. Sou ex-aluno e quero fazer uma pós-graduação no exterior e participar de um Programa de Mobilidade Internacional. O que devo fazer?
  46. R: Ser aluno regularmente matriculado na UNIP e seguir as orientações dos editais dos programas de bolsa. Os editais constam no site da UNIP.

  47. Sou estudante de mobilidade internacional e não estarei no Brasil para realizar a matrícula e solicitar o status de mobilidade na Secretaria do campus em que estudo. Como devo proceder?
  48. R: Você deve deixar uma procuração para um representante de sua confiança solicitar a matrícula e o status de mobilidade internacional na Secretaria.

  49. Sou estudante de mobilidade internacional, mas esqueci de deixar uma procuração para a realização de minha matrícula, a solicitação do status de mobilidade e procedimentos relacionados ao FIES e ao Prouni. O que devo fazer?
  50. R: Você deve enviar com urgência uma procuração para um representante de sua confiança, para que este realize os procedimentos acima citados. O aluno deverá arcar com possíveis cobranças realizadas durante o período em que não estiver regularizado.

  51. O setor de Relações Internacionais pode fornecer uma carta ou um documento para facilitar o processo de imigração para outro país?
  52. R: Não. O setor de Relações Internacionais da UNIP realiza trâmites apenas para o intercâmbio no exterior.

© 1999-2014 - Universidade Paulista - Todos os direitos reservados.