Você está em: Universidade Paulista / Pós-Graduação / Programas de Mestrado e Doutorado / Comunicação / Estrutura do Programa / Disciplinas / Metodologia da Pesquisa em Comunicação

Mestrado em Comunicação

Metodologia da Pesquisa em Comunicação

Ementa: Aluno como investigador: subsídios teóricos e metodológicos para a construção de pesquisas e artigos científicos. A natureza do pensamento científico. Paradigmas de pesquisa. Tipos de pesquisa. Revisão da literatura, teoria e construção de argumentos. A construção do projeto e do relatório de pesquisa. A redação acadêmica. A produção de artigos científicos.

Bibliografia: ALVES-MAZZOTTI, A. J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.
ALVES, R. Filosofia da ciência. São Paulo: Loyola, 2000.
BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1988.
BARROS, A T.; JUNQUEIRA, R. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, 2006.
BOOTH, W. C; COLOMB, G. G.; WILLIAMS, J.M. A arte da pesquisa. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
BRYMAN, A. Social research methods. Oxford: University Press, 2004.
BRYMAN, A. Quantity and quality in social research. London: Unwin Hyman, 2004.
CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. São Paulo: Artmed, 2010.
DESLAURIERS, J. P.; KÉRISIT, M. O delineamento da pesquisa qualitativa. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2008.
DENZIN, N. K. ; LINCOLN, Y. S. (Ed.). Handbook of qualitative research. Thousand Oaks, CA: Sage, 2000.
ECO, U. Como se faz uma tese. São Paulo: Perspectiva, 1983.
FLICK, U. Uma introdução à pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Bookman, 2004.
FRAGOSO, S.; RECUERO, R.; AMARAL, A. Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre: Sulina, 2011.
GEPHART, R. Paradigmas and research methods. Disponível em: <http://division.aomonline.org/rm/1999_RMD_Forum_Paradigms_and_Research_Methods.htm>. Acesso em: 01 ago. 2004.
GUBA, E. G.; LINCOLN, Y. S. Competing paradigms in qualitative research. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (Ed.). Handbook of qualitative research.  Thousand Oaks, CA: Sage, 1994.
LOIZOS, P. Vídeo, filme e fotografias como documentos de pesquisa. In: BAUER, M. W. ; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.
LOPES,  M. I. V.  Pesquisa em comunicação. São Paulo: Loyola, 1994.

LOPES, M.I.V. (Org.). Epistemologia da comunicação. São Paulo: Loyola, 2003.
MERRIAM, S. B. Qualitative research in practice: examples for discussion and analysis. New York: Jossey-Bass, 2002.
MARSHALL, C.; ROSSMAN, G. B. Designing qualitative research. 3rd. ed. Newbury Park, CA: Sage, 1999.
MOREIRA, D.A . O método fenomenológico na pesquisa. São Paulo: Pioneira, 2004.
ROWLEY, J. ; SLACK, F. Conducting a literature review. Management Research News, v. 27, n. 6, p. 31-39, 2004.
SANTAELLA, L. Comunicação e pesquisa: projetos para mestrado e doutorado. São Paulo: Hacker, 2001.
SILVERMAN, D. Interpretação de dados qualitativos: métodos para análise de entrevistas, textos e interações. Porto Alegre: Artmed, 2009.
SUTTON, R. I.; STAW, B. M. O que não é teoria. RAE – Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 3, p. 74-84, jul/set 2003.
THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2004.
WHETTEN, D. A. O que constitui uma contribuição teórica? RAE – Revista de Administração de Empresas, v. 43, n. 3, p. 69-73,  jul/set 2003.

© 1999-2014 - Universidade Paulista - Todos os direitos reservados.